terça-feira, 21 de junho de 2011

Amigas participaram de morte de universitária Louise Maeda

Amigas participaram de morte de universitária



Jovem de 22 anos foi morta por colegas de trabalho de um shopping em Curitiba, concluiu a Polícia Civil. Namorado de uma delas foi quem atirou




Divulgação/SESP
Polícia Civil dá como elucidado o assassinato da universitária.
A Delegacia de Vigilância e Capturas revelou, na tarde desta segunda-feira (20), detalhes da investigação sobre a morte da estudante Louise Maeda, 22 anos, ocorrida no final do mês passado, em Curitiba.

Duas amigas da universitária teriam encomendado a morte da jovem. A Justiça já teria expedido a prisão das duas jovens. Fabiana Perpétua de Oliveira, 20 anos, e Marcia do Nascimento, 21, trabalhavam com Louise. Elas foram detidas no final de semana.

O corpo de Louise Maeda foi encontrado na última sexta-feira (17), às margens do Rio Iguaçu. Louise desapareceu ao sair do trabalho. Ele era empregada de uma loja no Shopping Muller, em Curitiba. A perícia revelou que a universitária foi morta com um tiro na cabeça e o corpo dispensado em um córrego.

Um jovem, que também teria participação no crime, está foragido. Elvis de Souza, 20 anos, é procurado pela Justiça. Foi ele quem teria atirado duas vezes na cabeça de Louise.

Investigação

De acordo com a Polícia Civil, o grupo armou uma tocaia para Louise Maeda. Fabiana e Marcia, que trabalhavam com Louise, chamaram a chefe para sair. O grupo iria para um bar da capital. Elas entraram no carro de Elvis, namorado de Marcia.

No meio do caminho, o grupo estacionou o carro na rua. "A Marcia simulou que estava passando mal", disse o delegado Marcelo de Oliveira. Louise teve os pertences roubados e foi assassinada com dois tiros na cabeça. "A Marcia ficou com marcas de sangue na jaqueta", revelou.

A bolsa de Louise foi encontrada na casa de Marcia e Elvis. Com a jovem, a Polícia Civil encontrou R$ 2,4 mil roubados do caixa da sorveteria, onde as jovens trabalhavam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seus comentários.